10 Dicas de passeios para uma visita a Viena durante 3 dias

5 de Fevereiro de 2017

Clique acima para assistir ao video

Período da viagem: Dezembro de 2016

O que fazer em Bratislava, Eslováquia em apenas 1 dia
5 Destinos Imperdíveis Para Apreciar o Mundo do Vinho
Dublin, Irlanda: Dicas de Visita
Dicas de Viagem em Portugal
Imigração Europeia – Documentos Solicitados

Viena, capital da Áustria e da música, é para mim uma das cidades mais encantadoras de toda a Europa Central. Milhares de turistas visitam Viena anualmente, atraídos pela história de um passado imperial glorioso, tendo uma forte tradição cultural e principalmente musical, com uma longa lista de grandes compositores austríacos, como Mozart, Johann Strauss, Beethoven e Haydn, por exemplo.

Preparei uma sugestão com 10 dicas de visitas, para um roteiro durante 3 dias em Viena, já que esse é o tempo que a grande maioria dos brasileiros permanecem na capital da Áustria, durante a tradicional viagem ao roteiro “Leste Europeu”, que inclui também Praga na Republica Tcheca, e Budapeste na Hungria.

Sugestão de roteiro em Viena – 3 dias de visita:

 

Dia 1:

 

1)  Stephansdom (Catedral de São Estevão)

Eu sempre gosto de explorar bastante nos meus roteiros turísticos nas cidades que visito, os centros históricos. Por isso, essa é minha dica, comece exatamente pelo centro histórico de Viena, partindo da Catedral de São Estevão, Stephansdom. Essa igreja é um verdadeiro símbolo imponente da cidade, por sua estrutura belíssima tanto por dentro, quanto por fora, além de ter sido palco de fatos marcantes na história do império austro-húngaro. Por isso, dentro você vai encontrar criptas e tumbas de diversas figuras importantes do país. A catedral foi construída sobre uma igreja já erguida no século 12, localizada bem no centro comercial e histórico da cidade.

Catedral de São Estevão, Stephansdom (Foto: Soraya Resende)

Para quem tem um pouquinho mais de disposição, vale a pena subir a Torre Norte. São mais de 340 degraus, mas, quando pisar no último você vai poder aproveitar o belíssimo cenário de ver grande parte de Viena do alto e ainda tirar excelentes fotos. O ticket para subir à Torre custa E$5,50 por adulto.

Informações sobre a Torre Norte da Stephansdom (Foto: Soraya Resende)

A entrada na Catedral é grátis, mas, alguns acessos são restritos em horários de missas e cerimônias. Funciona todos os dias: de segunda a sábado das 06h às 22h, e no domingo das 7h às 22h.

Catedral de São Estevão, Stephansdom (Foto: Soraya Resende)

 2) Palácio Belvedere

Próxima parada do roteiro no primeiro dia é o Palácio Belvedere. Esse grandioso palácio era residência de verão do príncipe Eugênio de Savoia, e atualmente é um dos mais importantes museus de Viena, localizado em uma região belíssima, em uma suave colina, com um jardim delicado e muito bem cuidado.

Palácio Belvedere (Foto: Soraya Resende)

Belvedere é separado em duas partes: Belvedere Superior, onde você conhecerá os enormes salões que eram utilizados para as festas na época, com muitas obras de arte espalhadas. E o Belvedere Inferior, onde geralmente acontecem exposições artísticas temporárias.

Valor do Ticket:
Adulto: E$ 14,00
Estudante E$ 11,00
Criança até 8 anos – Entrada livre.

Vista linda dos Jardins de Belvedere (Foto: Soraya Resende)

3) Compras na Kärntner Strass

Finalize o seu dia de visitas à Viena, passeando e comprando muito, rsrsrsr, pela principal rua comercial do centro histórico da cidade, a Karntner Strass. Lá você vai encontrar lojas como Zara, Forever 21, H&M, e também as marcas de alto luxo como Louis Vuitton, Rolex, BOSS, Hermès e Chanel. É um verdadeiro shopping a céu aberto, para todos os gostos e bolsos 🙂

Karntner Strass no centro de Viena (Foto: Soraya Resende)
Karntner Strass no centro de Viena (Foto: Soraya Resende)
Final de dia na Karntner Strass no centro de Viena (Foto: Soraya Resende)

Dia 2:

 

4) Palácio Schonbrunn

Comece o segundo dia com visita ao Palácio Schonbrunn, e reserve todo esse primeiro turno para o passeio, porque é realmente um local muito grande e cheio de detalhes interessantes. É um dos principais pontos turísticos de Viena e, com certeza, imperdível.

O Palácio Schonbrunn serviu como residência de verão para a família imperial, e abriga mais de mil aposentos rococós da imperatriz Maria Teresa Habsburgo, criados por Nikolaus Pacassi.

Palácio Schonbrunn (Foto: Soraya Resende)

No vasto jardim que cerca o Palácio, tem a Casa das Palmeiras, com enormes estufas onde são cultivadas plantas exóticas. Além disso também tem um pequeno zoológico, a Casa das Borboletas e a Gloriette, que é uma pequena galeria sobre uma colina, que atualmente tem um agradável café. A entrada ao palácio custa E$ 14,00 para adulto. Ahh, é proibido filmar e fotografa internamente 😉

Imensa área externa do Palácio Schonbrunn (Foto: Soraya Resende)

Horário de Funcionamento – De abril a junho, das 8h30 às 17h30. Em julho e agosto, das 8h30 às 18h30. Em setembro e outubro, das 8j30 às 17h30. De novembro a março, das 8h30 às 17h.

Mais da área externa do Palácio Schonbrunn (Foto: Soraya Resende)

5) Naschmarket Vienna

Aproveite para almoçar no Naschmarkt, um mercado gourmet bem no estilo do Mercado Municipal de São Paulo. Quase 1 quilômetro de rua exclusiva para pedestres, vendendo frutas, verduras, temperos locais, além de ter vários pequenos restaurantes tradicionais austríacos e de culinária internacional. Ahhh, o local é aberto, não ideal para dias de chuva. Funciona de Segunda-feira a Sábado.

Naschmarket Vienna (Foto: Soraya Resende)
Naschmarket Vienna (Foto: Soraya Resende)
Naschmarket Vienna (Foto: Soraya Resende)

6) Prater Vienna

Se tiver disposição, vá ao Prater, o parque de diversões mais antigo do mundo. A roda-gigante é a principal atração e o verdadeiro símbolo do Parque Prater. Ela foi construída em 1897 pelo engenheiro inglês Walter B. Basset para celebrar o jubileu de ouro do Imperador Francis Joseph I. E mesmo no inverno, quando estive em Viena, ela estava funcionando, enquanto as outras atrações estavam fechadas.

Prater Vienna, o mais antigo do mundo (Foto: Soraya Resende)

Não é cobrado nenhuma taxa para ter acesso ao Prater, que é na verdade uma verdadeira área de lazer para as pessoas da própria cidade e para turistas, totalmente aberto e sem portões. Paga-se apenas pelas atrações onde os preços vão de E$1,5 a E$5 a depender do brinquedo. No verão o parque fica lotado de gente por todos os lados, porque é uma atração turística super tradicional. No região do grande Prater tem também campo de golfe, quadra de tênis, e o maior estádio de futebol da Áustria.

Prater Vienna (Foto: Soraya Resende)
Prater Vienna (Foto: Soraya Resende)

7) Aproveite a culinária Austríaca

Finalize seu dia apreciando uma tradicional Sacher-Torte, torta de chocolate com damasco, ou um Wiener Schnitzel, bife fino de lombo de porco frito e empanado, estilo à milanesa, em um dos inúmeros Cafés pela cidade como o Café Museum ou Café Landtmann, frequentado por Freud e outros celebres da época.

A tradicional Sacher-Torte (Foto: oficial Hotel Sacher)
Wiener Schnitzel

Dia 3:

 

8) Palácio Hofburg

Comece o dia visitando o Palácio Imperial de Hofburg. É na verdade um grande complexo com vários palácios e museus, e por isso a visita é praticamente obrigatória. Nessa visita você terá a verdadeira noção da importância para toda a Europa da dinastia Habsburgo, que durou quase 600 anos, e principalmente da importância para os Austríacos da Imperatriz Elisabeth, esposa de Francisco José I, mais conhecida como Sissi, considerada a mulher mais bela de toda a Áustria sendo referencia de beleza por muitos anos.

Monumento em homenagem a Imperatriz Elisabeth, Sissi. (Foto: Soraya Resende)

Somente quando visitei o Palácio Hofburg, que fiz uma “conexão mental” de personalidades muito conhecidas nos meus livros de história, com a influência da Áustria. Já ouviram falar em Maria Antonieta, esposa de Luís XVI, rei da França? Aquela que foi “guilhotinada”? Era Austríaca, filha da Imperatriz Maria Teresa. Lembram de Maria Luisa, esposa de Napoleão I? Também Austríaca. A Imperatriz Leopoldina, esposa de Dom Pedro I? Também Austríaca. Entenderam a importância da Áustria para a Europa?

Palácio Imperial de Hofburg (Foto: Soraya Resende)

Bom, retornando ao Palácio Hofburg, aqui foi sede do poder austríaco durante esses seis séculos e no qual sucessivos governantes quiseram deixar as suas marcas, desde então o complexo não parou de crescer e atualmente ocupa uma área de mais de 20 hectares. Aqui você vai encontrar o Memorial Mozart, com uma estátua do compositor feita por Viktor Tilgner, a Biblioteca Nacional Austríaca, aposentos reais e vários museus. O complexo abre diariamente, das 09:00 às 17:30, sendo Julho e Agosto até às 18:00. O valor do ingresso dependerá do que será visitado no local. Para saber o preço antecipadamente, clique AQUI.

Palácio Imperial de Hofburg (Foto: Soraya Resende)

 

9) Visite uma feira de Natal

Dependendo da época do ano que estiver visitando Viena, se for próximo do final do ano, aproveite para visitar as inúmeras feirinhas de Natal espalhadas pela cidade. Um sonho. Agora, não deixe de esquentar o corpo com uma taça de Glühwein (glü-váin), bem parecido com um “quentão” brasileiro. Gostei muito da feirinha em frente a Catedral de São Estevão, Stephansdom.

Mercado de Natal na Rathausplatz (Foto: Soraya Resende)
Feira de Natal ao lado da Catedral de São Estevão (Foto: Soraya Resende)
Feira de Natal no Palácio Schonbrunn (Foto: Soraya Resende)

10) Assista uma Ópera ou Ballet na Vienna State Ópera

Encerre sua visita a cidade assistindo uma Ópera ou um Ballet na Ópera de Viena, uma das casas de espetáculos mais tradicionais do mundo, em um prédio histórico que sobreviveu a Segunda Guerra Mundial. Durante a minha visita a Viena, assisti a Ópera Falstaff, de Giuseppe Verdi. Apesar de não entender e não ter crescido na cultura da ópera, achei um programa incrível, principalmente por ter tido a oportunidade de conhecer internamente, a história, a decoração e principalmente a acústica impressionante desse local que já passaram nomes como Schubert, Strauss, Mozart e Beethoven.

Ópera de Viena (Foto: Soraya Resende)

O ideal é programar a visita e comprar os ingressos com antecedência. Há um calendário extenso de apresentações. Para comprar seu ingresso, acesse AQUI o site oficial.

Meu ingresso para Ópera Falstaff, comprei pela internet (Foto: Soraya Resende)

Não deixe de assistir ao vídeo sobre Viena na parte superior do post ou clicando AQUI, preparei com muito carinho especialmente para você. Se gostar, compartilhe e se inscreva em meu canal do YouTube. Toda semana posto vídeo novo de alguma viagem que fiz Por aí…. 

Te convido a acessar também:
Instagram:@poraicomigo
Twitter: @sorayaresende
Fanpage: facebook.com/poraicomigo
YouTube: YouTube: youtube.com/poraicomigo
Contato: blog@poraicomigo.com.br   

Texto e Imagens: Soraya Resende 

Todos os direitos reservados. 2017© Por aí Comigo. Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte. Caso queira adquirir nossas matérias, entre em contato.

Viena em família……. (Foto: Helaine Casali)